Liberdade

Um belo dia ela acordou

Sentiu o vento sacudir seus cabelos

Correu em direção ao nada

Percebeu que o tempo passou

Seu rosto já estava tomando novas feições

Sua rotina não passava de trabalho e casa

Ela já não sabia como era conquistar corações.

Então num súbito momento de loucura

Ela pegou umas mudas de roupas

Colocou em sua mala

Partiu por aí assim

Ao léu, rumo ao nada.

Ela ouviu a própria voz dentro de si dizendo:

“Vive menina, vive!

Ama menina, ama!

Porque o tempo é voraz

Ele não mede os próprios meios

E quando perceber

“Não adiantará mais voltar atrás.”

Ela aproveitou, sonhou, realizou

Correu na praia, se cuidou, amou

Conheceu pessoas, e devaneou.

Deixou a utopia, mas uma coisa que ela nunca mais fez

Foi arrepender-se das escolhas

E todo dia ela acorda, agradece à Deus

Olha para o céu, sorri bonito

E não se esquece daquela paz que encontrou nos olhos seus.

Por: Amanda Barroso

Anúncios

Uma opinião sobre “Liberdade

  1. Um Fragmento do Pérolas da Phoenix Capítulo XI –O REENCONTRO
    Eu devia compensar-lhe de algum modo por tudo que ela estava fazendo nos últimos meses por mim. Mais como? Não sei o que fazer nesse exato momento, revivendo aquele inferno novamente dentro de mim. Eu estou desorientada. Minha vida com ela nós últimos meses estava sendo revigorante. Ela me fazia esquecer tudo. E me fazia rir de verdade. Fazia-me bem. Os abraços, os carinhos a atenção, coisas que tanto senti falta, eu recebia quase 25 horas por dia. E agora mais do que nunca eu precisava dela, e ela estava aqui para segurar-me. Eu não quero reviver meus pesadelos novamente. Eu quero anestesiar-me, de qualquer sentimento, pela cafajeste da minha ex-namorada.
    -Desculpe-me coloca-la nessa situação tão constrangedora. Deve ser horrível para você… –Ei?! Tudo bem. Esta tudo bem. – ela interrompeu-me.
    Ela me abraçou , senti frio na barriga e eu arrepiei. Ela limpou minhas lágrimas, e beijou meu rosto. Eu estava calma, mais tinha um leve desespero por mais… Mais coisas dela, mais afeto, mais amor. O que estava acontecendo comigo? Ela era minha amiga. Minha irmã. Porque veio até mim? Seria por causa do momento? Me da apoio? Ela me olhava de um jeito que nunca ninguém olhou para mim. Um afeto incondicional. Uma compreensão extraordinária. Ela parecia querer o mesmo que eu. Cuidar. Amar. Como eu estava maravilhada.

    Que boba eu sou por achar que estava vivendo uma nova paixão, quando na verdade estou revivendo. Aquele calma,risos,paciência a conversa. Aquela falta de ar. Tudo voltando atona, claramente, nitidamente, dentro de mim.

    Lembrei-me das brincadeiras que fazíamos na adolescência. Aqueles atos inocentes e sem maldade. Aquelas atitudes de descoberta e a experiência que ganhávamos. Os descobrimentos do corpo,jeito,olhar sem sentir nada do prazer,somente a serenidade da inocência. Uma brincadeira tão gostosa. Eu sorri,devia compensar-lhe sua presença de de algum modo por tudo que ela estava fazendo nas ultimas horas por mim. Mais como? Não sei o que fazer nesse exato momento, revivendo aquele inferno novamente dentro de mim. Eu estou desorientada. Minha conversa com estava sendo revigorante,me senti forte uma mulher de Aço. Ela me faz esquecer de tudo. E me faz rir de verdade,faz-me bem. -Desculpe-me coloca-la nessa situação tão constrangedora. Deve ser horrível para você… –Verdade,muito horrível,para mim mais tenho que aprender a viver…-Viver??? Sempre viveu intensamente…apenas Viva,Viva,pois esta viva…ninguém merece ver a dor da sua infelicidade nem a lágrima do seu sofrimento.

    Att:Anne ´Priscilla Santos
    (O ganho de tudo isso,voltei a escrever e concluir grande parte da minha obra-prima…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s