Tensões e conflitos de um Fim

Vida de sapatão não é nada fácil, principalmente quando o assunto é ”fim de relacionamento”, na maioria dos casos fica difícil  sair  ilesa, geralmente uma das partes ainda gosta, e quando rola uma traição?! A sapa pira!Foi mulher, amiga, confidente, companheira e de repete se depara com ”acabou”, ”Você é especial mas…”, sem  falar quando a cabeça da pobre amiga do brejo é enfeitada, sapa sofredora, só no sofrimento…

Vamos analisar as situações,se ela colocou as cartas na mesa, vai doer, porém olhe pelo lado positivo da coisa,  ela foi honesta,  foi sincera, jogou limpo, e quando amamos uma sapa e de repente somos contempladas com um belo par de antenas, nesse caso quem tem o crânio enfeitado é sempre a ultima a saber, fim de relacionamento não deveria existir, isso frusta a mente de qualquer ser mortal.

Pior mesmo é quando enchemos a cara para afogar as mágoas no primeiro bar que aparece, choramos, sofremos, saímos com os amigos, ficamos com outra ou outras (Dependendo da sapatão, é claro!Rs…), mesmo com tudo isso não conseguimos tirar a bendita sapa da cabeça, aquele sentimento ainda te consome como uma praga consumindo uma lavoura.  Oh minha santa caminhoneira das estradas virgens! Nem com reza braba você consegue esquecer essa mulher!

O que fazer amiga do brejo?! Eis a questão!

Quem que nunca passou por essa situação que atire a primeira pedra, pense e reflita em tudo que rolou entre vocês, independente se rolou traição, se esse sentimento  existe e você sofre com ausência dessa sapa, não abra espaço para  o orgulho, vá a luta independente de quem errou, deixe as magoas de lado e de espaço para o amor, mesmo se ela terminou com você reconquiste-a e reinvente, lembre-se respeite o espaço dela sem exageros para a sapa não se sentir sufocada, essa vida é um risco e devemos ariscar, ainda mais quando se trata de sentimento.
E viva o amor! Rs…

Por:  Lú Vieira

Saiba mais sobre Lú vieira CLIQUE AQUI

Anúncios

16 opiniões sobre “Tensões e conflitos de um Fim

  1. Arrasou Lú, um fim é sempre muito complicado. Eu tô passando por uma fase de adaptação, faz 4 meses que meu namoro acabou, mas o sentimento que tenho por ela não. Se ela já não tivesse com outra sem dúvidas eu lutaria por ela. Mas, ela optou por outra pessoa e preciso aceitar isso. A sapa pira com fim de relacionamento. Parabéns pela coluna. =)

      • meu caso ainda é bem pior moro com uma mulher a 2 anos e 8 meses e pra ser sincera não sei o que ela realmente quer.pois a um tempo atras deixei ela muito de lado..mas me arrependi e ja pedi desculpas e mudei bastate.ja não saio mais como eu saia, apezar de que nunca a trai..mas acho que hoje ela tem um outro alguem pois a vida dela é o face.desde de a hora que acorda ate altas horas da madrugada..
        sei la acho que não vou suportar por muito tempo essa situação..e detalhe não quer me deixar ir embora..

  2. Arrasou Lú falou tudo.enfim ja passei por isso.tem dias q ainda choro mas hj vejo que tenho que seguir heim frente larga o passado e viver o futuro.aliás quem vive de passado é museu neh?parabéns amiga texto muito bem escrito.adoreiii.bjs

  3. ADOREI,ESTOU QUASE PARA VIVER ISSO DIGO POR CAUSA DA MINHA RELAÇÃO,AMO MUITO MINHA MULHER MAIS JA ESTOU PARA ABRI MÃO DO NOSSO AMOR POR NAO SUPORTA MAIS TANTO CIUMES,ELA É MUITO CIUMENTA,A PRESAO É TANTA QUE SÒ BRIGAMOS,ESTAMOS JUNTAS A 6 ANOS E IRIAMOS CASAR MAIS EU NAO QUERO MAIS CASAR,ME SINTO SURFOCADA DE MAIS,PRATICAMENTE ESTOU SENDO OBRIGADA POR ELA A DESISTIR DE NOS.

  4. gostei muito tambem!!! mais minha mulher terminou comigo nao tem uma semana os erros existem mais ela nao da o braço a tocer e dizz pra mim q nao consegue mudar mais mim ama como?? eu nao consigo entender to sofrendo estamos na mesma casa convivendo juntas mais separadas e todas as vezes q ela sai ou chega mim da uma vontade de chora e agarra ela mais nao posso pq foi ela quem terminou comigo e eu tenho q ter orgulho proprio gente ela mim ama mais nao muda as coisas errada mais prefere ficar longe di mim sendo q estar bem perto antes ela fosse de uma vezz por quer nao tenho estrutura pra viver debaixo do mesmo teto com quem eu quero e tenho um desejo incontrolavel!!!!

  5. olá acabei de ver essa publicação e realmente é verdade dói muito,faz 1 mês que meu namoro termino e foi da forma mais honesta que podia ser,nós conversamos todos os dias,no começo foi difícil eu não queria aceitar ou entender,mas mudei a tática e comecei a agir de forma diferente com ela e hoje estou reconquistando ela..E está sendo muito bom.

  6. É bem complicada essa situação, não tem aquela ou aquele que nunca tenham passado por algo parecido, é simplesmente S.OF.R.E.D.O.R, o pior é que a ficha demora meses pra cair, você ainda pensando por um longo espaço de tempo que foi simplesmente uma briguinha e nada mais, o telefone não pode tocar que você acha que é ela ligando, um simples torpedo não pode chegar no seu celular e o seu coração logo acelera, seu nível de ansiedade vai a mil por hora, tudo o que você faz lembra a pessoa, parece uma coisa, ai você começa a tentar se distrair com outras coisas, mais parece que até essas outras coisas lembra a pessoa, é simplesmente um carma, não tem pra onde fugir, e o que resta é esperar essa maré passar e ver o que vai dar. Eu já passei por isso e me recordo que eu chorava rios de lágrimas , mais ai eu comecei a fazer uma estratégia , comecei a lembrar que todas as coisas negativas que tinha na relação , de quando eu muito fazia e ela não dava o devido valor , foi ai que eu comecei a me desprender um pouco daquele louca, desesperada, paixão, ou será que era amor???Bom o que era eu não sei, eu só sei que tirou o meu chão , mexeu com minhas estruturas, mais pra minha felicidade, hoje estou aqui, vou falar como os dependentes ,ESTOU LIMPA..hehehhehe E amando novamente e pronta pra viver novamente uma louca paixão…Amei o seu texto, muito real..

  7. Bom,primeiramente bom dia a todas.Não muito diferente dos e-mails acima,me encontro numa situação bastante dolorosa.Me relacionei com uma prima(de 2º grau) e o namoro foi ficando sério,e mais sério até que chegou um ponto em que resolvi abandonar tudo e ir morar com ela.Como diz aquele velho ditado:”No início tudo são flores”…e comigo não foi diferente.Passamos por uma barra muito grande pois minha mãe e uma das minhas irmãs não aceitavam,porém seguimos com o relacionamento. Infelizmente,hoje colho o que plantei,pois deixei-me levar pelo ciúme excessivo e exagerado,pela ignorância e acabei sufocando-a.Antes de ir embora,eu era graduanda em Engenharia Ambiental,mas por ironia do destino surgiu uma proposta de trabalho muito boa em minha cidade e consequentemente a oportunidade de concluir o tão sonhado curso.Depois de muito choro,aceitei vir para concluir.Confesso que por incentivo dela que sempre me motivou ao meu crescimento profissional.Porém as coisas saíram do meu controle e eu acabei sufocando-a,pressionando-a e ela acabou me pedindo um tempo.Eu não respeitei e o óbvio aconteceu,o nosso relacionamento acabou.Sempre soube que a amava,mas só damos valor quando perdemos.E hoje depois de muitas mudanças em meu comportamento consigo ver e sentir que eu não a amo como achava que amava,eu a amo 3 vezes mais.Como disse eu mudei muito,pois comecei a ver que a maior culpada de todos os erros foi apenas EU.Hoje ela me diz que está a procura do eu dela,está tentando se conhecer melhor.Encarar isso é dolorido,porém tenho aprendido a respeitar.Enviei a ela um e-mail na semana passada no qual dizia o que realmente eu almejava,ela me respondeu em poucas palavras mas disse que poderíamos sim conversar,mas que não queria que eu alimentasse esperanças de volta,e me convidou para ir para Salvador no réveillon,onde mora um irmão dela(no caso,meu primo e ex-cunhado).Aceitei pois vejo aí uma maneira de poder conversar olhando nos olhos e saber que por menos que seja,há a possibilidade de um “empurrãozinho” de meu cunhado e seu companheiro.Mas não quero mesmo criar expectativas pois já tenho sofrido muito.Como mencionei acima,ela foi bem direta no e-mail enviado,dizendo-me que estava tentando ser sincera.Eu a amo com a certeza de que nunca amei ninguém,e depois de lutarmos tanto e termos vivido 2 anos juntas,não acho coerente não lutar por esse amor.Não posso ensaiar como será esse reencontro,nem como as coisas irão acontecer em SSa,mas por mais que ela tenha me pedido para não alimentar esperanças de um possível retorno,espero poder voltar aqui na página e dizer à todas vocês,que obtive uma segunda-chance e poder fazer por merecer.No momento,peço a torcida de todas vocês,pois o amor que tenho pela “Senhora” Rosa Angélica,é maior do que meus próprios pensamentos.Um beijo enorme meninas.

  8. Boa tarde a todas li todos os comentários….o nosso mundo lésbico é muito complicado…
    Somos julgados , discriminados enfim… Fiquei mega feliz poder participar desse blog SAPALÉSBICA….Não me sinto só…Estou com mulher linda ha 6 meses…Gosto muito dela e a mulher que amo…Temos as nossa brigas…E normal não muito séria só pra apimentar o nosso relacionamento….Eu estou vivendo um caso desse…Ela viveu com uma mulher as oito anos ….E ex- dela foi embora depois de 2 anos separadas a ex voltou….Mais esta morando a mesma casa com dela…No inicio ficou louca chorei muito….A minha namora da ria da minha cara …Que isso fica tranquila não vai acontecer nada…
    Ela esta comigo a gente se gosta..Mais tudo e limitado…Não posso falar com ela quando a outra esta em casa ….Não mando mais mensagem…Porque a outra ler.. Se eu dou algum presente pergunta quem deu….Na verdade estamos juntadas porque se gostamos….enfim vamos esperar o que vai dar…..Beijocas pra todas sapatisse

  9. Complicado mesmo!!! passei com isso com um relacionamento de 4 anos, onde até parei de estudar para que ela se formasse antes… oque deu.. hoje formada em direito e eu aqui estacionada ainda no 3 ano de fisioterapia, e pior no segundo mes de separaçao ja foi morar com a bendita… que tenso.enh.. dizia que me AMAVA.. amor de cú desse ai é rola..
    bjs
    Cah

  10. Eu e minha namorada, estamos juntas quase 2 anos vamos fazer dois anos em agosto, ela nunca namorou meninas e eu nunca tinha ficado com garotas, nos duas somos BI, e dê repente nos conhecemos e nos gostamos.
    Fomos aprendizes fizemos cursos juntas, nos temos muita sintonia. Mas ultimamente as coisas não andam tão boas.
    Ela não gosta que eu diga que a amo! E isso me incomoda, começamos a discutir a relação e ela disse que o principal motivo dos nossos conflitos e que ela me ama mais como amiga do que namorada. Quando li isso morri fiquei triste por três dias chorei horrores. Ai ,no quarto dia resolvi ligar, já estava mais calma. Queria me entender com ela. Na despedida fui dizer que a amava e ela disse “te controla”, respondi dizendo “para de ser insentimental “e ela me disse “sou insentimental sim“. Nessa noite eu não dormi chorei pensei e chorei de novo. Rsrsrsrsr!
    Hoje vou me encontra-la, depois dessa semana horrenda espero me entender com ela.
    Hoje estou melhor, mas sinto que algo mudou em mim! Sou capaz de esquecer tudo que ela me fez e recomeçar. Mais se não valer apena a deixo para nunca mais voltar. Antes de ama-la eu me amo, não vou ficar me desgastando por quem me despreza.
    Mais no fundo de minha mente e meu coração eu só quero ama-la, e se amada por ela.
    Boa sorte para mim hoje! E que de certo ….

    • Júlia,antes de mais nada,te desejo toda sorte do mundo!Confesso que li as palavras de sua namorada,quase que da mesma forma que ouvi da minha ex,que não poderíamos continuar.Doeu,doeu muito!Na verdade dentro de mim ainda dói.Lembro-me exatamente do tom de voz,das palavras…de tudo.Confesso que quis odiá-la,quis ter uma raiva mortal,daquela de quem tanto amava.Mas não consegui.Não cabia mais nada em meu peito,que não fosse amor.Por esse amor abandonei tudo,enfrentei a nossa família toda( somos primas de segundo grau) e tenho plena certeza,de que por ela,faria 100 x.Tive a sorte,de que durante nosso casamento,de ter além de uma prima-esposa,tinha uma amiga,uma amada amante.Ainda tentei reatar nosso relacionamento,mas entrei 2013 com o pé esquerdo,pois na véspera de ano novo,chamei-a para uma conversa séria.Estávamos,boa parte da família na casa do irmão dela,também gay,e um ser esplêndido;ele já sabia de tudo,do término e da minha tentativa de reatar,e torcia por nós.Mas não deu.As palavras doíam,parecia que mil facas me apunhalavam o coração.E o clima ficou tenso,triste,cinza.Horrivel,vê-la ali ao meu lado e nem sequer tocar,beijar e simplesmente desejar um feliz ano novo,sem um beijo,sem um eu te amo.Esse meu primo e agoraex cunhado,me chamou e disse que aquela era um ferida enorme,que “sangrava”.Mas que precisávamos daquilo.Disse também que não acreditava num fim,pois via nos olhos da irmã,que havia sentimento.Eu acabei mais uma vez chorando feito criança,e pude compreender exatamente a frase que tinha ouvido poucos meses antes,quase precisei retornar para minha cidade Natal,com o propósito de concluir minha graduação: “amor,essa é uma das muitas provações que teremos de passar”.Estamos a 9 meses separadas,pela distância,mas ela não me sai da cabeça nem do coração.Desde então,venho tentando fazer exatamente o que meu primo,ex cunhado,me disse : “July,coloque um tampão na ferida!Dói,dói muito,mas tente ao menos deixá-lo cicatrizar.”Desde então nao me envolvi com mingúem,não acho justo nem decente envolver uma 3ª pessoa,para esquecer outra.Amo Rosa Angelica com uma força que nem eu sei dizer,que nem sabia existir em mimÉ um sentimento ímpar.Portanto Júlia,lute,lute pelo que você guarda no peito.Eu de certo modo,continuo lutando,me fortalecendo,e sei que o que tiver de ser,será.Faça o mesmo,se a ferida sangrar,coloque um curativo,deixe-a secar!

      Toda sorte do mundo!Beijoo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s